Rapace

Rapace

Autor - André Capilé

ISBN - 978-85-65375-04-7

1ª edição, 2012

Formato:

Capa dura

104 páginas

Esgotado

Sinopse:

Os poemas do livro travam uma briga com determinadas facilidades, uma programação de fossos de leitura ou corrida com barreiras, que obriga a atenção detida, na medida em que é necessário olhar/ouvir mais de uma vez. O autor comenta: “rapace, com sorte, pode ser visto como livro-manifesto.” De fato os poemas apontam para uma gama variada de cenas que desmentem certas questões da crítica contemporânea de poesia, como a que afirma que projetos coletivos são impraticáveis; que a questão do “nacional” não é um problema; que há despolitização e alienação. "Ser brasileiro, sim, é dado; mas o Brasil ainda é uma questão, cada vez mais, discutível. De qual Brasil falamos, quando falamos Brasil?”, provoca o autor.