Hérnia

ISBN - 978-85-65375-51-1

1ª edição, 2018

Formato:

Brochura com orelha 12x18 cm

60 páginas


Valor: R$30,00

Sobre o livro: Sempre que um grande poeta lança novo livro, as antenas da leitura devem se abrir, pois o leitor será confrontado nas suas certezas maiores. Hérnia, de Rogério Batalha, em prosa poética, fala da dor, do deslocamento provocado pela dor; “já que a vida espalha um monte de espinho por aí pra ver se a gente acorda”, o leitor, partícipe desta dor, deve percorrer as vértebras todas da invenção e recolher seus cacos até o limite das possibilidades abertas sobre o mundo, para que aprenda a resistir.

Sinopse: Hérnia, quando a vida se apresenta e arde, estertora, rude. Hérnia, quando a vida se apresenta numa horizontalidade tal que o surto se torna inevitável. Hérnia, quando os muros se criam fechando a verticalidade da linguagem e suas seleções ficam restritas e as combinações têm de dar tratos à bola para que ainda assim possam os poetas – e os leitores – perceberem o brilho que de toda forma a potência da vida ainda guarda. Hérnia, quando a luta se torna necessária. Hérnia, quando os tempos dos tenazes, da unha arrancada retornam. Hérnia, enfim, quando as pessoas necessitam de rugir como leões e vociferar contra os domadores que – no circo armado – as atacam.